Cultura do estupro existe?

A resposta você me fala quando acabar de ler…

Meia hora sentada em baixo do chuveiro pensando se realmente eu queria escrever sobre isso. Bom, até agora eu não tinha certeza mas pelo que parece (obviamente) já estou escrevendo.

Tudo o que eu me tornei e o que aprendi, têm a cada dia me ajudado a caminhar olhando pra frente, mas também têm me feito abrir os olhos para o que já aconteceu. Coisas das quais eu nunca quis falar por vergonha de mim mesma, nojo, medo do que pensariam, se iriam achar que eu estava mentindo, tantas coisas, tantos pensamentos. Mas eu não posso defender uma causa, lutar por algo, se eu ainda tiver medo. E acho que hoje, expondo cada acontecimento desse, tudo vai estar limpo e bem resolvido comigo. E assim eu consigo ajudar outras mulheres a perceber que a culpa não é delas. NUNCA FOI! NUNCA VAI SER!

  • 2006 – Foi o ano onde minha inocência morreu, eu tinha 13 anos. Onde a tortura psicológica acontecia diariamente comigo mesma. Eu me odiava por estar ali, e só conseguia desejar a morte dele pra tudo aquilo acabar. Tinha um monstro dentro da minha casa!
  • 2008 – Eu me mutilava diariamente, para ter a certeza de que a dor na carne fosse maior do que a que eu sentia no meu coração e na minha cabeça.
  • 2008 – Mais uma das grandes festas que fazíamos na casa de uma amiga. Todo mundo foi embora, e como sempre os mais próximos dormiam lá. Indo para o banheiro encontrei com o namorado (diga-se de passagem, um cara agressivo) de uma das minhas amigas que já estava dormindo. Ele me agarrou, pegou na minha bunda, e em tom de ameaça me apertando disse: “Você não vai contar nada disso pra ELA”, e saiu.
  • 2009 – Eu saí de casa! Estava livre e em paz, e com a certeza de que nada pior podia me acontecer.
  • 2010 – Fui passar o Réveillon na praia com a família de uma amiga (grande parte mulheres). Íamos passar 7 dias na casa. Nosso quarto era dos adolescentes, éramos em 3 meninas e 3 meninos, os primos dela. No quinto dia na casa, eu estava deitada na beliche de baixo com essa minha amiga, quando eu senti alguém passando a mão em mim. Era o tio dela, que havia insistido para dormir no quarto da “molecada” naquele noite. Me mechia como uma lombriga para acordar “sem querer” a minha amiga, sem sucesso nenhum. Passar aqueles últimos dois dias lá, foi uma tortura, eu não conseguia dormir.
  • 2015 – Fui agredida fisicamente mais de cinco vezes por um ex namorado, duas delas resultaram em exames no IML.
  • 2015 – Assim que acabou a tatoo, o tatuador foi passar a pomada para cicatrização, até ai tudo bem. Se ele não tivesse me molestado.

NADA DISSO FOI MINHA CULPA! NENHUM DELES TINHA O DIREITO DE VIOLAR O MEU CORPO! NINGUÉM TEM ESSE DIREITO OU PODER SOBRE MIM!

Mesmo assim tudo isso aconteceu! A maioria das coisas aqui eu nunca falei pra ninguém. Eu acreditava que seria melhor que eu fingisse que aquilo não tinha acontecido ou que tinha sido coisa da minha cabeça. Não foi um estranho encapuzado em um beco escuro! Foi dentro da minha casa, foi dentro do meu círculo de amizades, foi um cara “profissional” que devia estar apenas fazendo o trabalho dele, foi alguém que eu amava. 

Quanto mais próximo o vínculo maior o perigo. Porque você se esconde, mente, omiti, tudo para não prejudicar aquela pessoa que você “conhece”. Se fosse um desconhecido seria mais fácil eu ter pedido ajuda? Provavelmente! Eu não sei, é uma hipótese. Eu não passei por isso, não posso falar do que não sei. Posso falar do que eu sei. E o que eu sei é que mataram a Gabriela que eu amava ser!

Não vou falar de gráficos e nem de estatísticas, porque NENHUMA MULHER quer ser vista como um número. Eu, uma única mulher passei por todas essas experiências de abuso, sem contar as “cantadas” que já ouvi na rua.

Se algo parecido está acontecendo com você, peça ajuda o quanto antes! Conte para uma amiga, alguém que você confie. Eu sei que é difícil, porque do dia pra noite você não confia em mais ninguém, mas não corra esse risco físico. E isso poderá evitar um futuro risco psicológico!

Anúncios

Minhas Top 10 🔊 ( Emicida )

Salve, salve meus queriduuuus!

Todo serumaninhu tem aquela música que ouve, canta, assobia, susurra, TODO SANTO DIA. Eu exagerada que sou tenho uma lista diária beeeem grandinha até. Sem brincadeira, eu escuto essas músicas todo santo dia, e não é só uma vez não viu.

Então loucuras a parte resolvi mostrar pra vocês esse meus maiores amores na vida, porque assim contamino mais gente por ai neh hahaha. Maaaaaaas tenho que dizer que existem algumas outras músicas que eu respiro tanto quanto essas, porém coloquei aqui só as de um cara que eu admiro absurdamente; Emicida! -depois vou fazer as minhas 10 favoritas eveeeeeer-.

Aquilo de sempre neh: a ordem dos fatores não altera o produto. Coração preto grosso

1° Emicida – Baiana (Sobre crianças, quadris, pesadelos, e lições de casa…)

“O branco da areia da Lagoa de Abaeté
Tá no teu sorriso, meu juízo perde o pé
O canto da sereia vem de boa, eu à toa é
Prejuízo, pretinha briso nesse axé.”

2° Emicida- Boa Esperança (Sobre crianças, quadris, pesadelos, e lições de casa…)

“E vai ver
Que eu faço igual burkina faso
Nóiz quer ser dono do circo
Cansamos da vida de palhaço.”

3° Emicida – Isso não pode se perder (Emicídio)

“Independente do caminho diretriz
Ser frutos ligados à raiz
É o que nos fará vencer
Isso não pode se perder, em você.”

4° Emicida – Sei lá (Pra quem já mordeu um cachorro por comida, até que eu cheguei longe…)

“O amor tem mó jeito covarde de partir,
Vai embora como se tivesse indo ali.
Deixa nóis ocupado a discutir sem ter cuidado
E querer sumir calado por ver que ele virou passado.”

5° Emicida – A cada vento (Pra quem já mordeu um cachorro por comida, até que eu cheguei longe…)

“Deixar o sofrimento pra trás, é quente
Cê quer saber o sentido da vida, pra frente
Vou com a paciência de quem junta latinha,
Focado no que tenho, não no que vou ter ou tinha.”

6° Emicida – Madagascar (Sobre crianças, quadris, pesadelos, e lições de casa…)

“Aos carinhos do vento, a gente se espreguiça
Com todo tempo ao favor da nossa preguiça
Na dor é kartu façamos um pacto
Já que tu curte um plano
Deixa a espuma dançar nos pés
Que ela leva toda o revés.”

7° Emicida – Alma gêmea (O glorioso retorno de quem nunca esteve aqui)

“Ai, essa sua boca de açaí, meto a roupa de sair, bala
Invadiria até pesadelos pra salvá-la
Pra ser teu, camafeu, bom malandro ou nerd
Um olhar desse seu, gps se perde.”

8° Emicida – Mandume (Sobre crianças, quadris, pesadelos, e lições de casa…)

“Sem eucaristia no meu cântico,
Me veem na Bahia em pé, dão ré no Atlântico,
Tentar nos derrubar é secular,
Hoje chegam pelas avenidas, mas já vieram pelo mar.”

9° Emicida – Cê lá Faz idéia (Emicídio)

“Explica pra assistente social
Que pai de gente, igual a gente, não sabe usar a mente, só o pau
Que quem educa nóiz, na escola estadual
Joga na cara toda manhã o quanto ganha mal.”

10° Emicida – Mufete (Sobre crianças, quadris, pesadelos, e lições de casa…)

“Gente, só é feliz
Quem realmente sabe, que a África não é um país
Esquece o que o livro diz, ele mente
Ligue a pele preta a um riso contente.”

Acho que vocês já sabem o quanto eu amo o trabalho do Emicida neh?! Pra quem não sabia, agora ficou sabendo claro até demais hehe

O trabalho dele foi muito importante para a minha descontrução, e em eu ser quem sou hoje. Então espero que além de curtirem as músicas, vocês também consigam tirar proveito cultural e histórico com as letras.

P.S: Pra quem ainda não entende muito da cultura Africana e fica com dúvida em alguns nomes ou palavras, uma dica super válida é entrar no site Genius. Lá eles explicam frase por frase, ou parágrafo por parágrafo. É só jogar o nome da música que você quer entender melhor a letra.

Flw!

Meus 4 canais favoritos do Youtube

Salve, salve Youtubers de plantão!

“Aaaaah Gabriela mas eu não conheço nada de bom no YouTube!”

PAROOOOOU COM ISSO AGORA!!
Hoje vim mostra os meus 4 canais favoritos do Youtube, então senta o bumbum num lugar cheio de cobertas e se prepara para a maratona de apertar o Play!👍👌

TODOS, sem exceção, são canais que falam de assuntos diversos e de extrema importância social. Se você tem alguma dúvida sobre racismo,  preconceitos diversos, política, consumo consciente, questionamentos da vida, e tudo o que nos constrói um ser humano com um bom caráter, então esse post vai te ajudar! Porque quem vai fazer todo o resto são esses maravilhosos!

(a ordem é extremamente aleatória, porque o favoritismo é igual para todos ❤)

1° Muro Pequeno

image

O maravilhoso Murilo! Aqui é onde ele espalha MUUUITO AMOR, e consciência de um jeito que eu nunca vou saber explicar. Você está tentando entender melhor sobre racismo, apropriação cultural, colorismo, entre muitos outros nichos puxados por esses assuntos ?!! Então assista de cabo a rabo esses vídeos.

2° Jout Jout

image

Passamos por tacacá, cajados, batom vermelho, mangas, feminismo, Caião… ao infinito e além com esse poço de inteligência que é Julia.

3° Petiscos TV

image

Mais uma Julia MARAAAAVILHOOOSA!
Julia Petit vem com o Petit Comitê, onde aborda inúmeros assuntos! Todos vindo de nós! Sim, o quadro gira em torno de perguntas que o público faz através do Twitter ou comentários no próprio YouTube.

4° Afros e Afins

image

Canal da – apaixonante – Nataly Neri! As melhores dicas de brechó, de customização, de consumo consciente, de tudo que você imaginar, vem dela. De longe os vídeos dela são os meus favoritos quando se fala de empoderamento da mulher, principalmente da mulher negra.

Então boa sorte com a maratona de vídeos ai, porque vai por mim…. VAI VALER MUITO A PENA! 🙏

Flw!

TAG De 23 Para 13

Salve, salve !

Eu estava pensando essa semana, e percebi que eu nunca fiz nenhuma TAG aqui no Blog, mas só pensei e deixei pra lá haha.
Aí eu estava assistindo os vídeos da maravilhosa Jout Jout no YouTube, e em um dos vídeos ela levanta esse tema.
O que você diria pra você há 10 anos atrás ?
Falando assim parece besteira, afinal já passou, você tinha outra cabeça, outros sonhos, outros pensamentos, enfim. Mas se nós sempre acabamos olhando para o passado para nos inspirar e aprender, porque não fazer isso com nós mesmos?! Pegue um papel e uma caneta – pra dar mais nostalgia do que teclar no celular 😊 – e escreva tudo o que você poderia alertar ou parabenizar pra você há 10 anos atrás. Com certeza você vai tirar proveito de alguma coisinha ali, que ou você deixou se perder no passar dos anos ou que você fez muito bem em ter   dado um basta e assim não repetir hoje.

Então fiz minha lista, e relembrei duas coisas: eu era muito inocente e bem mais sonhadora que hoje. O que ainda não decide se é bom ou ruim hahaha mas o fato está na minha cara pra eu me virar e tirar as conclusões agora.

– Guarde dinheiro.

– Continue estudando a noite! Você não vai conseguir acordar de manhã e vai repetir por falta.

– Não vá atrás do seu “pai” de novo, ele vai te decepcionar.

– Termine o curso de espanhol que você tanto encheu o saco da sua mãe.

– Termine o de inglês também.

– Não fume tanta maconha.

– Continue dançando, hoje você está enferrujada.

– Guarde dinheiro.

– Não cabule as aulas de sexta.

– Peça ajuda a sua professora de português.

– Não corte sua franja em casa. Vai ficar igual o Chitãozinho e Xororó.

– Na real, nem corte o cabelo.

– Não tome a pílula do “dia seguinte” a toa. Seu corpo tá triste com isso.

– Continue indo a biblioteca.

– Parabéns! Você é ótima em história.

– PEÇA AJUDA sobre o que te tortura todos os dias.

– Guarde os uniformes da escola.

– Guarde as Barbies.

– Guarde dinheiro.

– Você vai torcer o pé! Então por favor fica com o gesso até o final. NÃO TIRA!

– A sua “melhor amiga” não é sua “melhor amiga”.

– Para de sofrer tanto por ele. Vocês ainda vão se casar e ser bons amigos.

– Não usa maquiagem, sua pele é muito linda pra isso.

– Sobre a Coca-Cola, fique longe!

– Natal não é legal, vai por mim.

– Você é a menina mais incrível que eu já conheci!

– Guarde dinheiro.

image
De 23 Para 13

E como diria Emicida: “Cê pode ter 13 anos pra sempre ou mais, bota a culpa nos boy ou nos seus pais.
Só xingar o sistema ou resolver o problema.. Adotar a lei de Murphy como lema!”

Flw! ❤

Minhas tattoos

Salve galerê!

E o papo hoje é… rabisco! Ou sobre as minhas tatuagens rs
Vou contar um pouquinho de cada uma, os significados, as idéias… (:
Atualmente eu tenho 5, todas são escritas. Infelizmente ainda não achei nenhum desenho que acelerasse meu coração ♡ 😄

1° A primeira eu fiz com 16 anos, e foi o nome da minha mama ❤❤❤ a pessoa mais importante da minha vida!

image

2° Com 17 entrei na onda da lei do retorno. Pois bem, escrevi “Infinity” no dedo indicador, e no final da palavra puxa o símbolo do infinito. É a tattoo que eu menos gosto, simplismente porque não tem um significado importante de fato, foi mais empolgação da época.

image
Tão velhinha que quase apagou!

3° Aos 19 eu estava na Av.Paulista voltando não sei da onde kkk quando naquelas viagem loucas feitas na janela do ônibus eu comecei a pensar sobre a beleza de cada pessoa. Bom, eu nunca fui a mais bonita nos tempos de escola e já disse isso na própria introdução do Blog, porém sempre acreditei na luz própria de cada um e como ABSOLUTAMENTE NINGUÉM tem o direito de te dizer o contrário.
E discordando daquele ditado: “A beleza está nos olhos de quem vê”… onde praticamente diz que você depende da aprovação de alguém pra ser bonita(o), eu cheguei numa adaptação sobre isso. E tatuei no meio da coluna: “A beleza está em você, depois nos olhos de quem vê.”

image

4° Com 21, passei por muitas mudanças na minha vida. Terminei um relacionamento de 6 anos, me mudei de casa, mudei de emprego, desfiz algumas “amizades”, tudo propício para bagunçar a cabeça de qualquer um rs
E minha terapia foi na música. Mas especificamente em muitas músicas do Rael da Rima – de quem eu era fã da época do Pentágono – que me davam forças para repensar e recomeçar. Então tatuei um pedaço da música Tudo Vai Passar.

image

5° Aos 22 anos, século 21, ano de 2015! Muita coisa aconteceu nesse ano que passou certo?! Muito empoderamento, muita liberdade de expressão, muita liberdade de todas as formas, mais discurso sobre respeito às mulheres, respeito as etnias e religiões. Mas só o discurso não serve pra nada, precisa levantar e fazer, e 2016 veio para mostrar isso!
NÃO SOU MORENA! SOU NEGRA!
E quem tem que ter ciência e orgulho disso sou eu e mais ninguém. Passei a vida ouvindo – e ainda ouço 😒 – : “você não é negra, é morena”, “você é morena bem clarinha”, “linda essa sua cor de canela, morena jambo”.
De que tom eu sou?! ESCURO! Então sou negra e ponto. Existem vários tipos de tons de pele negra, como existem vários tipos de cabelo do negro. Assim como na etnia branca, que existem vários tons de branco.
Todos somos misturas! Mas a minha cor, o meu tom, é escuro! E eu não preciso da “delicadeza” de ninguém que queira me dizer o contrário.
Então com o novo CD do Emicida – maior orgulho da música brasileira atualmente – ouvi uma música por 20 vezes no mesmo dia, chorei nas 20 vezes: Mandume. E o resultado foi esse:

image
“Todos temos a bússola de um bom lugar, uns apontam pra Lisboa, eu busco Omongwa.”

Look Basic

Salve, salve!

Tem look MEU hoje aqui no blog.. aeeeew \o/ finalmente kkk

Eu AMO usar combinações neutras porém não tão básicas assim…

16-01-30-21-23-55-970_deco

Peguei uma camiseta masculina -que ganhei de presente ♡- e dei aquela customizada marota na bonita, cortei as mangas mas não mexi no comprimento, assim consigo usar tanto comprida quanto transformar em cropped só com um nó 🙂

LOOK All Street Fashion

Essa saia e esse tênis aprenderam o caminho de casa, já podem ir e voltar sozinhos kkk

16-01-30-21-27-25-216_deco

Detalhes da camiseta

Look Basic

Na parte de trás da camiseta fiz aquele desfiado -que todo mundo já sabe fazer rs- e coloquei um top por baixo.

Flw!

 

 

Top 5 Músicas da Semana

Salve, salve!

Sei que muitos assim como eu, tem a música como uma coisa que definitivamente move a vida. E como tudo o que eu gosto em excesso vem parar aqui, com isso não poderia ser diferente.
Toda segunda vou colocar aqui uma listinha das TOP 5 que tocaram na minha playlist até travar meu celular hehe Então bora lá….

1- Mc Delano – Na ponta ela fica

2- Mc João – Baile de favela

3- Mc Biel – Química

4- Tropkillaz Vs Ape Drums – Wine Yuh Back

5- Elijah Blake ft. Rick Ross – Sing for me

 

A pessoa tava funkeira pra caceta essa semana viu! Kkkkk

Flw!